sábado, 30 de maio de 2009

A cura de Shopennhauer Prt. V

Nada mais consegue me assustar ou emocionar. Cortei todos os milhares de fios que me ligavam ao mundo e me puxavam para frente e para trás (cheios de ansiedade, raiva e medo), num sentimento constante. Sorri e olhei calmamente para trás, para a ilusão do mundo, indiferente como um jogador de xadrez no final de uma partida.




[...]

3 comentários:

Ex-critos - Dex-critos disse...

Fhoda!!! Profundo D+

Ex-critos - Dex-critos disse...

voltei pra reler..

alta(mente)reflexivo

(saudade)

jofran moraes disse...

olá. escrevo umas coisas doidas que nunca mostro a ninguém. não do tipo que divulga as minhas coisas nem tenho orgulho do que penso. mas o final de seu texto, referindo-se ao jogo de xadrez me diz que vc pode ter algum interesse ou no mínimo compreesão a respeito de conflitos internos. descrevo como me sinto . peço que procure o site studiocoquette ou o meu nome , jofran moraes .até logo.